Distrito de Sítio Grande reivindica segurança para comunidade e povoados adjacentes

A Câmara Municipal de São Desidério realizou nessa segunda-feira, 08 de abril, a 9ª Sessão Ordinária do primeiro período legislativo de 2019 com a presença de grande público no plenário e com transmissão ao vivo via redes sociais onde foi apresentada a pauta do dia com 7 Indicações e 2 Projetos de Lei.

INDICAÇÃO Nº 23/2019 – “Solicitação de um psicólogo e um pediatra para Roda Velha III” – de autoria dos vereadores Devanir Figueira, Marusan Ferreira Lima dos Anjos, Sebastião Teixeira de Araújo, Edilson Araújo, Jair Lisboa e João Neres de Carvalho Filho.

INDICAÇÃO Nº 24/2019 – “Solicitação para o Bairro B13 em Roda Velha III, a substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas de LED, que proporcionam melhor dissipação da luminosidade, oferecendo mais segurança para os moradores; e a execução de serviços de infraestrutura nas ruas, com a implantação de sarjetas de escoamento de águas pluviais, evitando o assoreamento e acúmulo de material trazido pelas chuvas” – de autoria dos vereadores Devanir Figueira, Marusan Ferreira Lima dos Anjos, Sebastião Teixeira de Araújo, Edilson Araújo, Jair Lisboa e João Neres de Carvalho Filho.

INDICAÇÃO Nº 25/2019 – “Solicita-se o reaproveitamento do espaço Coliseu da Paz para que seja desenvolvido atividades esportivas em diversas modalidades para população”. – de autoria do vereador Cleusnélio da Silva Santana.

INDICAÇÃO Nº 26/2019 – “Instituir no Calendário Oficial do Município, a Semana da Saúde desenvolvendo projeto no sentido de implantar palestras e modalidades de práticas esportivas para sociedade durante este período em São Desidério”. – de autoria do vereador Cleusnélio da Silva Santana.

INDICAÇÃO Nº 27/2019 – “Instituir no Calendário Oficial do Município, a Semana de Conscientização do Autismo nas Escolas de Rede Pública de São Desidério”. – de autoria do vereador Cleusnélio da Silva Santana.

INDICAÇÃO Nº 28/2019 – “Construção de poço artesiano para a Comunidade de Carvalho”. – de autoria do vereador Jorge Cavalcante de Souza.

INDICAÇÃO Nº 29/2019 – “Solicita-se a análise e execução, com alteração do Código Tributário Municipal, visando a isenção do pagamento do imposto sobre a transmissão de bens imóveis – ITBI – , dos imóveis integrantes subsidiados e enquadrados no programa: “Minha casa, minha vida” do Governo Federal” – de autoria dos vereadores João Neres de Carvalho Filho, Marusan Ferreira Lima dos Anjos, Jair Lisboa de Souza, Sebastião Teixeira de Araújo, Devanir Rodrigues Figueira, Edílson Araújo da Costa, Gerson de Carvalho Pereira, Cleusnélio da Silva Santana, Paulo Luciano dos Santos Oliveira, José Ilton da Silva, Jorge Cavalcante de Souza, Helton Lopes da Costa e Corcilde Araújo dos Anjos.

PROJETO DE LEI Nº 10/2019, de 25 de março de 2019 – “Institui o Novo Código Municipal do Meio Ambiente, seus princípios, objetivos e diretrizes, dispõe sobre o Sistema Municipal de Meio Ambiente – SISMUMA, estabelece os instrumentos para gestão ambiental municipal e dá outras providências”. – de autoria do Poder Executivo.

PROJETO DE LEI Nº 11/2019, de 08 de abril de 2019 – “Institui a Câmara Mirim”. – de autoria do vereador João Neres de Carvalho Filho.

Com uma excelente participação popular, principalmente dos moradores do distrito de Sítio Grande e adjacências, que vieram reivindicar segurança para suas localidades, haja vista os últimos acontecimentos que abalaram aquela pacata comunidade. O presidente da casa, o Sr. João Neres de Carvalho Filho, após encerrar o pequeno expediente franqueou a palavra a Srtª. Gisely de Souza Santos, na condição de cidadã moradora de Sítio Grande, Servidora Pública no âmbito da Saúde e integrante da AASG, que iniciou com uma explanação dos pontos reivindicados a partir do esboço de solicitações elencadas por diversos segmentos da localidade de Sítio Grande (professores, estudantes, representantes de associação, comerciantes, entre outros).

O primeiro e primordial ponto destacado, é a falta de segurança. Atrelada a essa situação, vem o segundo ponto que é a falta de iluminação em alguns espaços da localidade. “Em menos de uma semana convivemos com situações de furtos, assaltos e tiroteios e tudo isso tem nos deixado apreensivos e inseguros. Há alunos com medo de ir ás aulas; muitos moradores não estão mais indo à praça ou ao rio ter seus momentos de lazer, por medo de ter seus pertences roubados ou pior, suas vidas ceifadas”, relatou a Srtª. Gisely de Souza Santos aos vereadores e público presente.

Dando continuidade ao seu pronunciamento, também foram destacados mais dois pontos relevantes à localidade, que é a ausência de professores para algumas disciplinas de diferentes etapas da educação básica na E.M.M.R.C e a solicitação ao poder público para que possa ser implantado o sinal de telefonia celular em Sítio Grande. “É inaceitável que em pleno século XXI, um local tão próximo da sede esteja incomunicável”, ponderou a palestrante.

A sessão teve continuidade com o grande expediente, onde os edis puderam expor suas opiniões a respeito da pauta em questão. O destaque ficou por conta das Indicações de Nº 29/2019 que solicita a análise e execução, com alteração do Código Tributário Municipal, visando a isenção do pagamento do imposto sobre a transmissão de bens imóveis – ITBI – dos imóveis integrantes subsidiados e enquadrados no programa: Minha casa, minha vida do Governo Federal, assinada por todos os vereadores, a Indicação Nº 28/2019 para construção de um poço artesiano para a comunidade de Carvalho, de autoria do vereador Jorge Cavalcante de Souza e carimbada pelo vereador João Neres de Carvalho Filho e o Projeto de Lei Nº 11/2019 para a instituição da Câmara Mirim, assinada pelo vereador João Neres de Carvalho Filho e apoiado por todos os vereadores. “A consolidação desse projeto é de grande importância para a comunidade, pois dessa forma poderemos fazer um intercâmbio entre a Câmara de Vereadores, os jovens, a comunidade estudantil, as crianças e a população em geral”, ressaltou o presidente da casa legislativa.

Texto e Fotos: Rodney Martins