Vereadores aprovam Emenda e aumentam salários do executivo e legislativo

s1

Os parlamentares aprovaram na noite desta quarta-feira (14) a Emenda nº 01/2016 e os Projetos de Lei nº 10, 12 e 13/2016. Os projetos foram apresentados na última Sessão Ordinária e passaram pela primeira votação na noite de ontem. Agora os vereadores deverão convocar uma Sessão Extraordinária para colocar em dia a pauta antes do encerramento do segundo período legislativo.

A Emenda Modificativa nº 01/2016 alterou o texto do Projeto de Lei nº 10/2016, de autoria do Poder Executivo Municipal, que estima a receita e fixa as despesas do Orçamento Anual do Município para 2017. Os documentos não eram objeto de discussão entre os parlamentares e foram aprovados por unanimidade.

s2

No entanto, os Projetos de Lei nº 12/2016, que Fixa os subsídios dos vereadores, de 2017 a 2020, e o PL nº 13/2016, que fixa os subsídios do Prefeito, Vice-prefeito e Secretários, provocaram reações do público presente e do vereador Joacy Ferreira, que votou contra ambos projetos. “Precisamos defender os interesses de quem nos colocou aqui. Esse dinheiro que será gasto com o aumento daria para construir 86 casas populares, comprar um carro por mês até fim do próximo mandato, então, é muita coisa para levarmos em consideração”, reclamou.

s3

Os demais vereadores aprovaram o aumento e argumentaram que este é o único aumento que será dado nos próximos 4 anos. “Se o vereador, ou eu como vice-prefeito, depois achar que o aumento não foi justo devolve o dinheiro para a prefeitura”, sugeriu o vereador Zé Barbosa.  Camarão reforçou: “Nós lutamos a favor do aumento dos servidores, dos professores e pelo plano de cargos e carreiras dos funcionários da Câmara e do Executivo. Esse não é aumento vergonhoso”, ponderou.

Ascom / CMSD