Vereadores participam da Prestação de Contas da Secretaria da Saúde e Poder Executivo de São Desidério

Na manhã dessa segunda-feira, (03), a Câmara Municipal de São Desidério abriu o Plenário Celso Barbosa para que o Poder Executivo realizasse uma Audiência Pública de Prestação de Contas do I Quadrimestre do ano de 2019 da Saúde e do Executivo, com a apresentação do Contador Lourenço Júnior e que contou com a presença dos senhores vereadores,  João Neres de Carvalho Filho (Presidente), Jair Lisboa de Souza (Vice-presidente), Marusan Ferreira Lima dos Anjos (1º Secretário), Sebastião Teixeira de Araújo (2º Secretário),  Edilson Araújo, Devanir Figueira, , Paulo Luciano e Jorge Cavalcante, e representando o Poder Executivo, o Vice- prefeito e Secretário da Saúde, José Barbosa.

A Audiência teve início com a prestação de contas da área da Saúde, previsto na Constituição Federal, Art. 156, 158, 159, Lei Complementar 141/2012. Foram apresentados dados de janeiro a abril de 2019 que dispõem da receita do município juntamente com os gastos. O contador Lourenço apresentou os gastos nas áreas da saúde resultantes em um montante de R$ 11.353.278,27 como o Hospital e Maternidade, SAMU, Centro de Atendimento Psicossocial, dentre outras áreas.

Ao final da apresentação o vereador Devanir Figueira fez um questionamento sobre a presença de um médico Pediatra no povoado de Roda Velha para um melhor atendimento à população. O Secretário da Saúde, José Barbosa respondeu que a estrutura do Posto de Saúde não tem capacidade de colocar mais um profissional para fazer atendimento, pois todas as salas do PS já estão com as salas ocupadas, propondo a construção de mais um Posto na comunidade.

Em seguida foi apresentada a prestação de contas do Município de São Desidério, de janeiro até abril o município teve uma Receita de R$ 46.951.120,00 e os gastos somados chegaram a R$ 43.545.312,46, nas áreas de educação, infraestrutura, agricultura e demais secretarias, obtendo um superávit de R$ 3.405.807,54.

Ao termino da apresentação, o Presidente João Neres fez um questionamento sobre o índice de 13% de gastos com a saúde em 2018, e a Contadora do Município, a Sr.ª Ávila Isadora respondeu que o Tribunal de Contas do Município não está com os dados atualizados, e que as notificações estão sendo avaliadas e que a previsão de  atualização dos dados poderá ocorrer até agosto do corrente ano. Por fim o Presidente da Câmara encerrou ressaltando a importância de o Poder Legislativo estar sempre trabalhando para a melhoria e bem-estar dos munícipes.

Texto e Fotos: Rodney Martins